NOTÍCIAS | CENÁRIOS AGRÍCOLAS E PECUÁRIOS
Quinta-Feira, 10 de Fevereiro de 2022, 08h:30
Cooperativas avaliam as perspectivas e desafios para o agro em 2022
Estudos mostram os cenários agrícolas e pecuários

ASSESSORIA SISTEMA OCB/MT
Cuiabá / MT
noticias@ocbmt.coop.br

Cooperativas avaliam as perspectivas e desafios para o agro em 2022

Perspectivas e desafios para o agro em 2022

Quais as perspectivas e desafios para o agro em 2022? Essa pergunta foi respondida durante uma reunião executiva realizada pelo Sistema OCB/MT, em parceria com o Sescoop/MT e o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária- IMEA, no dia 08 de fevereiro. A reunião contou com a participação de cooperativas dos setores de Crédito, Agropecuário, Agroleite e Transporte, do Diretor de Implementação de Projetos e Gestão de Fundos da Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste), e lideranças do setor agropecuário.

Na pauta, um extenso levantamento do cenário agropecuário realizado pelo Imea, que mostra o atual cenário, as oportunidades e desafios. E o cenário para Mato Grosso para a safra 21/22 está com números expressivos, segundo levantamento do Imea.

O estado deve colher 39,48 milhões de toneladas de soja, bem acima dos 21,22 milhões projetados para o Rio Grande do Sul, devido a forte estiagem. No caso do milho, a produção em Mato Grosso deve alcançar 40,40 milhões de toneladas, também acima dos 16,10 milhões no Paraná, que também sofre com a falta de chuvas. Na cultura do algodão, Mato Grosso continua como maior produtor com 1, 99 milhão de toneladas de pluma.

No setor lácteo, atualmente Mato Grosso ocupa a 10ª posição no ranking da produção nacional de leite, com 320 milhões de litros/ano. O rebanho de vacas ordenhadas no estado vem caindo, atingindo um rebanho de 394,95 cabeças, bem abaixo das 553,10 de 2016.

Cooperativas avaliam as perspectivas e desafios para o agro em 2022

Estudos mostram os cenários agrícolas e pecuários

O presidente do Sistema OCB/MT, Onofre Cezário de Souza Filho, falou da importância das reuniões técnicas, “que são ferramentas estratégicas para aprender, ponderar, planejar os passos futuros, pois acredito que é através do conhecimento, que aumentamos os acertos, gerando melhorias para os cooperados”.

O superintendente da OCB/MT, Frederico Azevedo, pontuou que “o cenário em Mato Grosso está diferente, animador, com muitas oportunidades. Alguns estados produtores e países, enfrentam dificuldades climáticas, com quedas significativas na sua safra, principalmente soja e milho”. Azevedo ressalta que “reuniões como estas municiam as cooperativas para tomadas de decisões, onde podem entender os cenários, os riscos e oportunidades”.

“Este é um ano de muitos desafios. Este é um ano de se estruturar, de olhar para frente, de se preparar para as oportunidades que são muitas neste setor. Tem que se preparar, tem que trabalhar as estratégias, as pendências, para beber água limpa quando as oportunidades baterem à sua porta”, alerta o superintendente do Imea, Cleiton Gauer.

Em suas ponderações, Gauer analisou de que “no que tange ao cenário econômico, em 2021 o resultado do PIB deve vir abaixo do que era esperado no início do ano, isso em função, principalmente, do impacto da pandemia na economia e pelo choque de preços e aumento nos custos, que auxiliou no aumento da inflação e consequentemente na taxa de juros. O maior desafio do setor será o aumento nos custos com insumos”.

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




OCB/MT - Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Mato Grosso
SESCOOP/MT - Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Mato Grosso
I.COOP - Faculdade do Cooperativismo





Logo

Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet