Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Mato Grosso

Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Mato Grosso

Mato Grosso - Brasil

Cooperativas de MT

Busca de Cooperativas de MT
Acessar

Intranet

Usuário:
Senha:
Acessar
ARTIGO
Intercooperação é o nome do jogo
Expansão do Ramo Crédito

Por Carlos Alberto dos Santos

Intercooperação é o nome do jogo

 

Em 27 de setembro, o Rio de Janeiro sediou a Conferência das Lideranças do Cooperativismo de Crédito – CLICC Rio 2020. O evento aconteceu no auditório da Bolsa de Valores, na Praça XV, coração dos resultados das recentes obras de reurbanização que deram a feição que a cidade, há tempos, merecia.

A Conferência reuniu 186 dirigentes e executivos do Sicoob, Sicredi e Unicred que participaram ativamente de um dia inteiro de apresentações e debates. A CLICC Rio 2020 possibilitou a identificação de desafios comuns e o potencial de ações conjuntas para fortalecer o cooperativismo financeiro fluminense, ao mesmo tempo em que se preservou a identidade e os nichos de atuação de cada sistema.

Os desafios são múltiplos e concatenados: desde a grande velocidade de introdução das novas tecnologias de comunicação e informação no mercado financeiro, passando pelas mudanças demográficas e do marco regulatório chegando a queda das taxas de juros. Em seu conjunto, eles impulsionam o acirramento da concorrência no mercado e, com ela, a necessidade das cooperativas oferecerem produtos e serviços financeiros de qualidade a preços competitivos.

São desafios que determinam movimentos em favor da inclusão financeira, do fortalecimento e expansão do cooperativismo financeiro, instrumento do desenvolvimento local sustentável e de obtenção dos ganhos que o Brasil precisa em termos de competitividade econômica e de combate às desigualdades sociais e regionais.

A crescente participação das instituições financeiras cooperativas no mercado financeiro ocorrem no ambiente macroeconômico bastante difícil dos últimos anos e de grandes carências e, portanto, oportunidades no sistema financeiro nacional.

Enquanto em 2008, 72,4% dos CPFs possuíam relacionamento bancário, hoje já são 90,4%, dos quais 60% contam apenas com sua conta corrente, geralmente para recebimento de salários e pensões. Apenas 34% contratam crédito em sua instituição financeira. Neste quadro de alta bancarização com escasso acesso ao crédito e demais serviços financeiro, destaca-se que 57% dos clientes já realizam transações por meio do mobile e internet banking.

É neste contexto nacional que se insere o cooperativismo de crédito do Rio de Janeiro. As 55 cooperativas de crédito que atuam no estado estão presentes em 39% dos municípios, quando a média de cobertura nacional é de 45%. Isso pode ser interpretado de duas formas. Vamos continuar falando apenas da ampliação da presença física, da cobertura espacial? Ou vamos focar na ampliação da participação de mercado, traduzido em maior número de associados, maior cesta de produtos e do volume de operações? Dito de outra forma, qual a melhor estratégia para aumentar as economias de escala e de escopo de nossas cooperativas?

Os limites e as possibilidades de atuação do cooperativismo financeiro são fortemente influenciados pelo ambiente regulatório. Profissionalização da gestão, consolidação da governança, gestão de riscos eficiente e ampliação da atuação das cooperativas são os principais vetores do marco regulatório em constante aperfeiçoamento por um Banco Central altamente proativo e incentivador do segmento.

A homenagem a Luiz Edson Feltrim, ex-diretor do Bacen, na abertura da CLICC Rio 2020, fez jus a sua relevante contribuição para evolução do marco regulatório do cooperativismo financeiro nas últimas duas décadas.

A intercooperação entre os sistemas cooperativos fortalecem o segmento e abre novas perspectivas. E para além do ramo crédito, a intercooperação entre todos os seus ramos é a chave para consolidação e crescimento sustentável de todo o cooperativismo e da economia social.

O exemplo do Rio de Janeiro é ilustrativo. O total de cooperados das 464 cooperativas fluminenses soma 162.792 cooperados, destes 88.151 participam das 55 cooperativas de crédito do estado. Ou seja, para cada 2 cooperados no estado apenas 1 é associado a uma cooperativa de crédito. Ou seja, os quase 80.000 cooperados dos outros ramos possuem conta corrente em um banco comercial, não em uma cooperativa de crédito. E as suas cooperativas, onde elas movimentam os seus recursos financeiros?

A CLICC Rio 2020 foi capaz de montar cenários promissores para a atuação do segmento. Também ficaram claros os avanços obtidos e o desafio permanente de que eles resultem em ganhos efetivos para os cooperados e suas comunidades.

Intercooperação é o nome do jogo!

Carlos Alberto dos Santos é Economista, professor e consultor, COSINERGIA Finanças & Empreendedorismo, contato@cosinergia.com

 

 


Confira também:
16.10.17 10h32 » O crescimento do cooperativismo
16.10.17 10h26 » Ramo crédito e trabalho tem parecer aprovado
16.10.17 10h21 » Coogavepe realiza Festa das Crianças
13.10.17 10h08 » Cooperativas de crédito transformam realidades
13.10.17 10h06 » Sicredi expande atuação
13.10.17 10h05 » Sicredi Sul atende São José do Povo
13.10.17 10h00 » País semeia 2ª maior safra
13.10.17 10h00 » Projeto Rural Sustentável
13.10.17 10h00 » Importação de leite do Uruguai é suspensa
11.10.17 10h42 » BNDES Agro será liberado online
10.10.17 11h21 » MEC aprova a Faculdade do Cooperativismo de MT
10.10.17 09h54 » Mobilidade e tecnologia
10.10.17 08h24 » Sicredi disponibiliza R$ 2,3 bi no Plano Safra
10.10.17 08h23 » Associados a Coopernova no curso de Lideranças
10.10.17 08h08 » Setor produtivo defende lei Kandir
10.10.17 08h03 » Intercooperação é o nome do jogo
09.10.17 09h40 » Ô de casa, posso entrar?
09.10.17 08h37 » Pós-Graduação em Cooperativismo está em 8 municípios de MT
06.10.17 10h21 » Confaz adequa códigos fiscais
05.10.17 14h06 » Cooperativa Vinícola Garibaldi celebra o espumante na Fenachamp 2017
05.10.17 10h14 » Sicredi tem aumento de 79%
05.10.17 09h48 » O Melhor do Agro Brasileiro
05.10.17 09h45 » PróUnim firma parceria com Profesp
05.10.17 09h41 » Cooperativas de Crédito mostram força social
05.10.17 09h30 » Conhecer para Cooperar
04.10.17 09h49 » Prêmio Café Brasil de Jornalismo
04.10.17 09h43 » Cartão BNDES online
04.10.17 09h40 » Uso de antibióticos em animais
04.10.17 09h40 » Cooperativas debatem a intercooperação em busca de estratégias conjuntas de desenvolvimento
04.10.17 09h36 » A Geografia dos Agrotóxicos Ilegais
03.10.17 09h37 » OCB defende ATIT
02.10.17 10h57 » A era do cooperativismo financeiro
29.09.17 10h32 » SNCC é debatido em Fórum
29.09.17 10h25 » OCB debate reforma tributária
29.09.17 10h21 » Sicredi cresce 36,4%
29.09.17 10h18 » Transporte e ANTT fazem reunião
29.09.17 10h04 » A possiblidade de recolhimento de FGTS
28.09.17 09h39 » OCB participa de Fórum do FGCoop
28.09.17 09h36 » Acesso a tecnologias no campo
28.09.17 09h33 » OCB e Embrapa renovam aliança
28.09.17 09h15 » OCB e Frencoop promovem congresso
28.09.17 08h55 » Cooperar é a melhor estratégia
27.09.17 08h40 » Conta corrente do Sicredi
27.09.17 08h38 » COOGAVEPE realiza Corrida Cidade Cooperativa
27.09.17 08h32 » Quanto leite devemos dar as bezerras?
27.09.17 08h16 » Coopernova no Programa Leite a Pasto
25.09.17 09h22 » Sicredi amplia acesso ao crédito
25.09.17 09h20 » Sicoob tem recorde em vendas de consórcios
25.09.17 09h12 » Cooperativas iniciam 18ª turma de Pós-Graduação
25.09.17 08h47 » Secretária de Governança Corporativa



Eventos


» Leite a Pasto
    16-10-2017 às 08:00
» Especialização em Gestão de Cooperativas - Turma 15
    20-10-2017 às 08:00
» Como Atender o Ministério do Trabalho
    Dia 21-10-2017 às 08:00

Videos



Galeria de Fotos


 

"Cooperativismo. Você participa. Todos crescem."